BeFunky_ViewFinder_12
Orlando é um dos roteiros mais procurados pelos brasileiros: só no ano passado, mais de 1,4 milhão visitaram a cidade, de acordo com a United States Department of Commerce’s Office of Travel & Tourism Industries. Com esse número, os brasileiros ocupam o primeiro lugar entre os que mais viajam para a Flórida.
A maioria destes visitantes que saem de terras tupiniquins está em busca de diversão e, por isso, vai para um dos destinos mais famosos pelo entretenimento. O roteiro é longo, com visita aos mais famosos parques de diversões e a atrações que ficam espalhadas pela cidade. Mas, aqueles que querem viver 24 horas por dia de magia ainda podem optar por um hotel temático que faz os hóspedes viverem no mundo de Walt Disney por alguns dias.
O endereço em questão é o Walt Disney World Resort, um centro de recreação e entretenimento de aproximadamente 64 mil metros quadrados – área equivalente à cidade de São Francisco ou o dobro de Manhattan -, que habita os quatro parques temáticos (Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios e Animal Kingdom), dois parques aquáticos (Blizzard Beach e Typhoon Lagoon) e 35 hotéis, sendo 25 próprios e operados pela Walt Disney World, além de um complexo de entretenimento, compras e restaurantes.

Foto: Divulgação / Walt Disney World
O Disney’s Art of Animation Resort é o mais novo hotel temático da Disney, ocupa 87 hectares da área do Walt Disney World Resort e foi inaugurado em fases, com a última aberta no mês de setembro.

 

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Do lado de fora, o local já chama a atenção pela sua enorme estrutura: letreiros grandes e coloridos com o nome do hotel, seguidos de figuras dos protagonistas e ‘donos’ das suítes do resort, como Nemo, Carros, Rei Leão e a Pequena Sereia. Colorido, o projeto precisou de 23 mil galões de tinta para ser finalizado.

 

Foto: Terra / Tatiana Sisti
A decoração do lobby, chamado Animation Hall, segue a linha divertida e colorida contando a história do processo de animação em fases, dos desenhos a lápis até os close-ups. Antes, durante e depois do check-in, que acontece em um gigante balcão com as cores do arco-íris, os hóspedes podem se divertir com os esboços dos desenhos-tema do hotel, logo no início de sua criação, em suas primeiras versões. Nessa hora é comum ver alguém comentando, por exemplo, a mudança que Ariel, da Pequena Sereia, passou.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Personagens da ‘Era de Ouro da Animação’, um dos primeiros êxitos de Walt Disney no cinema, até figuras mais modernas tomaram o paredão de desenhos em grafite. As imagens se multiplicam em detalhes, como no megalustre composto de 77 storyboards de animação que fica no hall do hotel.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
No lobby, fica constantemente um artista da Disney fazendo desenhos para as crianças. Os visitantes ainda contam com o Arcade, salão de jogos com brinquedos, vídeo games e fliperamas.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
O resort, com projeto que levou cerca de dois anos para ficar pronto e execução de mais dois, resultou em um trabalho minucioso e detalhista.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Dentro do hotel, os clientes têm a opção de se hospedarem em uma das quatro áreas: The Finding Nemo (do desenho Procurando Nemo e inaugurada em maio, com 320 suítes), Cars (da animação Carros, inaugurada em junho com 480 suítes), The Lion King (de O Rei Leão, inaugurada em julho também com 320 suítes) e The Little Mermaid (de A Pequena Sereia, inaugurada em setembro com 864 quartos standard).

Além disso, passear pela área exterior de cada setor é divertido tanto para as crianças quanto para os adultos, que não resistem e se fotografam imersos no cenário criado para reproduzir uma parte de cada filme.


Foto: Divulgação / Walt Disney World
Os quartos são decorados com lençóis, cortinas, toalhas, acessórios e móveis totalmente relacionados aos filmes. Por isso, podem contar com muita cor e detalhes até na hora de dormir ou tomar banho. Ao todo, são 227 mil pés lineares de carpete – que seguem desenhos respectivos de cada tema.

O hotel ainda conta com cerca de 1.120 suítes familiares, que comportam até seis pessoas, e outras 864 unidades standard para quatro hóspedes, resultando numa lotação máxima de cerca de 28 mil turistas.

Foto: Divulgação / Walt Disney World
Gostou da decoração? Leve para casa! Este é o primeiro Resort Disney em que os hóspedes podem comprar as peças dos quartos em uma loja de presentes localizada perto do lobby.

Passeio por Radiator Springs

Foto: Terra / Tatiana Sisti
A região de Carros é a maior e a mais divertida. Todo o percurso de pista imitando asfalto passa pelo meio de pedras, árvores e postes com iluminação, o Motel Roda Bem e a Casa Della Tires de Luigi, que fazem referência ao filme, na cidade do interior dos Estados Unidos, Radiator Springs.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
No fim do caminho, os visitantes encontram o Cozy Cone Motel, com cabanas aconchegantes para os hospedes relaxarem.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Além disso, os perfeitos carros (com olhos) espalhados pelo caminho ganham atenção. Os personagens Doc Hudson, Lightning McQueen, Mater e Flo são os principais destaques da decoração.

Foto: Divulgação / Walt Disney World
A suíte espaçosa é subdivida em sala, banheiro e quartos e segue a linha temática de todo o hotel com referência ao filme, cheio de cones, carros e obras de arte inspiradas na animação, incluindo um sofá-cama que lembra banco de trás de um carro velho, uma cômoda em formato de caixa de ferramentas e um banheiro que lembra um lava rápido.

Hakuna Matata

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Não diferente da anterior, a área de Rei Leão também é rica em detalhes.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
A área externa dá destaque para o Rei Leão no topo de uma pedra, que foi projetada para que os hóspedes o olhem como se fossem do tamanho do Simba.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
O cenário mostra a paisagem do safári africano e também conta com uma área de jogos em um cemitério de elefantes, além de torres do Musafa e imagens de seu irmão Scar.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Nos quartos, Zazu toma o lugar central nas cabeceiras das camas, enquanto Pumba e Timon decoram a cortina do chuveiro e um tronco com a letra de Hakuna Matata ocupa o centro da salinha.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Neste quarto, é possível descansar em uma cadeira em forma de folha ou dormir ao lado do Simba, uma pelúcia que fica colocada na cabeceira de uma das camas.

Mega piscina

Foto: Terra / Tatiana Sisti
O destaque da área de Procurando Nemo é a piscina Big Blue, a maior do Walt Disney World Resort fora dos parques aquáticos. São 310 mil litros de água salinizada e aquecida a 80°F (cerca de 26°C), seguindo a lei da Flórida, que fazem com que os clientes se sintam nadando com Dora e Nemo por conta dos alto falantes subaquáticos que tocam músicas e mandam mensagens de personagens do filme.

Foto: Divulgação /Walt Disney World
Os hóspedes podem explorar o recife colorido e a corrente do leste australiano com um gigantesco Mr. Ray, tirar fotos com o Crush ou brincar com Squirt no Righteous Reef, área dedicada às crianças.

Foto: Divulgação / Walt Disney World
Mais uma vez, personagens gigantes tomam conta do espaço e dividem lugar com cerca de 2.500 figuras esculpidas decorando o exterior e interior do resort. As suítes contam com abajures que lembram águas-vivas e uma cabeceira de cama temática em recife de coral.

Mais econômico

Foto: Terra / Tatiana Sisti
A área externa de A Pequena Sereia segue a linha das outras regiões, com personagens gigantes da Ursula, King Triton e Sebastian na entrada do prédio.

Foto: Terra / Tatiana Sisti
Toda a decoração foi feita para relembrar a gruta secreta da personagem principal, a Ariel, mais conhecida como A Pequena Sereia.

Foto: Divulgação /Walt Disney World
Por outro lado, os quartos são bem menos elaborados. Além de menores, a decoração é mais simples – mesmo sendo totalmente direcionada ao desenho – e deixa a sensação de ‘festinha infantil’, com peças não tão requintadas, exatamente pelo motivo de ser uma área mais popular.

Foto: Divulgação /Walt Disney World
Mesmo assim, toda a decoração faz referências a objetos do mar, do banheiro ao dormitório. A área também conta com uma das três piscinas do Disney’s Art of Animation Resort.

Extras

Foto: Divulgação /Walt Disney World
O resort conta ainda com serviço de childcare, concierge, lavanderia a seco e a lavanderia self-service, além da imensa praça de alimentação Landscape of Flavors com serviço Grab’n Go, onde você escolhe o que quer e paga.

Foto: Terra / Tatiana Sisti

O conceito Grab’n Go parece bom para um hotel que acomoda tantos hóspedes, mas não funciona muito bem, provavelmente por ser o único restaurante do local. A demanda é grande, o que causa filas gigantes para um atendimento não muito rápido. O local fica aberto desde o café da manhã até o jantar e dispõe refeições que vão desde junkie-food até pratos mais tradicionais, como massas, carnes e sopas.

Um curiosidade é que o piso do Landscape of Flavors é feito a partir de materiais recicláveis e os talheres são reutilizáveis ao invés de descartáveis.

 

Foto: Divulgação /Walt Disney World

Quem se hospedar no Disney’s Art of Animation Resort tem transporte gratuito para os parques e Extra Magic Hours – que permite que o hóspede fique duas horas a mais do que os outros visitantes no parque. Além disso, há mais de 2.300 vagas de estacionamento dentro do hotel.

 

Preço

Foto: Divulgação /Walt Disney World

É possível fazer a reserva para uma das áreas do hotel. Mesmo assim, a Disney não garante que você fique hospedado no tema que escolheu, mesmo essa reserva sendo feita antes do dia da hospedagem.

O Disney’s Art of Animation Resort fica ao lado Disney’s Pop Century Resort, oferece diárias para as suítes a partir de US$ 248. Os quartos da ala de A Pequena Sereia têm diárias de US$ 94.

Endereço
1850 Century Drive, Lake Buena Vista, FL 32830

 

Fonte: www.terra.com.br

Comments are closed.